quarta-feira

Entrevista com a Psicóloga Eni Peniche - sobre Hipnose Clínica na TV ALERJ


                          Entrevista com a Psicóloga Eni Peniche - sobre Hipnose Clínica na TV ALERJ

                                                            BLOCO 01:




                                                                    BLOCO 02:






Sobre Hipnose e sua função terapeutica


Como psicóloga e psicoterapeuta pós graduada em Medicina Psicossomática, conheci a Hipnose Clinica ou Ericksoniana há 17 anos.
Foi uma experiencia edificante e maravilhosa...
Fiquei impactada com os resultados desta técnica.
Perdi a conta dos casos bem sucedidos no consultorio e da forma como as pessoas desabrocham no resgate de suas identidades!
Meu trabalho está focado em bases neurocientíficas... e como estudiosa das Neurociências, isso me estimula bastante a buscar novos resultados na aplicação dos transtornos psicossomáticos, especialmente nos casos de "ansiedade e estresse"

 Abaixo, segue um resumo da hipnose Clinica e suas aplicações:
Quando se usa a hipnose para tratar um problema físico ou psicológico, chamamos o processo de hipnose clínica ou de hipnoterapia.
A hipnose pode ser definida como um estado alterado de consciência ou percepção.
Quase todo mundo já experimentou alguma forma de hipnose em algum momento da sua vida.
Pense numa vez em que você dirigia em uma estrada e se pegou, por um breve momento, inconsciente daquilo que estava fazendo, ou uma vez em que estava tão envolvido em um programa de televisão que nem se deu conta quando alguém entrou na sala.
Na verdade, toda hipnose é auto-hipnose e o paciente está sempre no controle. Não há nada a temer, porque a hipnose é um processo completamente seguro quando é usado por profissionais éticos como, os psicólogos, médicos e dentistas e  treinados para o uso da Hipnose.
O relaxamento que você vai experimentar será agradável e regenerador.
A Hipnose Ericksoniana também é conhecida por Hipnose Moderna, pelo motivo de utilização do método conversacional ou simplesmente o uso coloquial das palavras.
Em uma conversa tradicional ou em uma contação de histórias a pessoa é levada a um estado alterado de consciência, facilitando o entendimento, processamento e interação inconsciente.
Hipnose é um estado da mente que todos nós experimentamos, naturalmente, ao longo do dia.
Por exemplo, ao dirigir o carro, você pode não se lembrar que está dirigindo, como se estivesse no piloto automático.
O estado hipnótico natural também acontece quando você lê um bom livro, envolve-se com um filme interessante ou em qualquer outra atividade onde todas as outras coisas parecem ter sido bloqueadas. Alguém pode conversar com você e você pode não escutá-lo.
Em qualquer circunstância onde seja necessária uma grande concentração, automaticamente você se transfere para um estado hipnótico natural.

APLICAÇÕES DA HIPNOSE:

A hipnose moderna tem sido usada, com sucesso, para construir a auto-estima, mudar hábitos, perder peso, parar de fumar, melhorar a memória, modificar problemas comportamentais em adultos e crianças, eliminar ansiedade, medos, fobias, tratar a depressão, stress, preparar o sujeito para cirurgias, entrevistas, exames etc.
De acordo com a Organização Mundial de Saúde, 90% da população mundial pode ser hipnotizada.
O uso da hipnoterapia é feito para acelerar o processo de terapia e encurtar o tempo de tratamento.
O tempo varia de acordo com a pessoa e o problema, de poucas sessões a alguns meses de trabalho.

1- PREPARAÇÃO PARA CIRURGIAS

A hipnose é um recurso terapêutico eficaz na preparação psicológica e emocional de quem vai se submeter a cirurgias, proporcionando calma dos dias que antecedem o procedimento, serenidade e segurança no momento da operação, recuperação rápida e sem complicações no pós-cirúrgico.

2- MEDO DE TRATAMENTO DENTÁRIO

Com a hipnose, pode-se prestar ajuda efetiva àquelas pessoas que possuem medo de dentista, ou que se sentem incomodadas, tensas, nervosas e ansiosas durante o tratamento odontológico.

3- PREPARAÇÃO PARA PROVAS, TESTES E CONCURSOS PÚBLICOS

A hipnose pode ajudar na preparação psicológica e emocional de quem fica tenso, nervoso, excessivamente preocupado e tem "brancos de memória" por ocasião de provas, testes e concursos públicos.

O ESTADO HIPNÓTICO:

É comum as pessoas ficarem curiosas para saber o que elas vivenciarão no processo da hipnose.  Algumas pessoas imaginam que é regressarão ao útero materno, outras imaginam que fatos importantes vão ser revelados durante o mesmo, etc... As expectativas das pessoas variam de acordo como aprenderam ou ouviram dizer sobre do que seja realmente o estado hipnótico.
Uma coisa é importante as pessoas saberem: cada transe é único, ou melhor, acontece a cada vez de maneira diferente. Isto porque cada momento da vida de uma pessoa também é diferente. Sendo assim, pode parecer, à primeira vista, difícil para uma pessoa saber se realmente esteve em transe ou não. Na verdade, como já foi dito, o transe é natural, e acontece tão naturalmente no nosso dia a dia, e na maioria das vezes tão rápido, que não nos damos conta.
O que acontece no transe hipnótico é que ele pode se estender por um tempo maior, podendo assim a pessoa se dar conta das transformações que aconteceram com ela durante esse período.
Durante o transe hipnótico acontecem os fenômenos hipnóticos, e são estes que mostram para o hipnoterapeuta e, alguns para a própria pessoa que ela realmente esteve em transe.
Muitos desses fenômenos acontecem naturalmente ou são induzidos pelo hipnólogo.

SÃO OS FENÔMENOS HIPNÓTICOS:

Rapport
É o primeiro fenômeno que acontece. É o laço de confiança, pois o cliente se solta, na medida que confia no hipnoterapeuta.

Distorção do tempo
A percepção do tempo se altera para mais ou para menos. Trinta minutos parecem cinco, dez minutos parecem ter durado uma hora.

Dissociação

Os estados psicológicos consciente e inconsciente ficam separados. No estado de transe hipnótico o consciente está presente, mas a pessoa percebe que algo mais está acontecendo.

Amnésia
É a perda da habilidade de lembrar . É diferente do esquecimento porque o conteúdo "esquecido" parece ter sido selecionado pela mente. Ocorre espontaneamente em transes profundos ou pode ser sugerido pelo hipnoterapeuta.

Hipermnésia
Aumento da capacidade de lembrar fatos do passado próximo ou remoto.

Regressão de idade

Consiste em reviver estados psicológicos do passado "espontaneamente" ou por solicitação do hipnoterapeuta.

Progressão de idade

Consiste em ver-se no futuro, projetar-se para o futuro imaginado ou desejado, e até mesmo formar um "eu futuro" que pode aconselhar ao "eu presente" sobre o que fazer para atingir objetivos saudáveis.

Analgesia - anestesia
Analgesia consiste no entorpecimento da consciência da dor. Anestesia perda completa da consciência da dor. Fenômenos hipnóticos muito úteis em pessoas nas quais o uso de analgésicos e anestésicos é contra-indicado.

Movimentos ideomotores
São movimentos automáticos de algumas partes do corpo que acontecem automaticamente ( tremores, repuxões, levitações)

MITOS E VERDADES SOBRE A HIPNOSE:

Mito da Inconsciência – Muitos pensam que estar hipnotizado significa estar inconsciente. Há aqueles que até desejam ficar inconscientes para que "todos os seus problemas lhes sejam tirados". Na verdade, o transe hipnótico é caracterizado por uma dissociação consciente/inconsciente onde a consciência está presente, e é desejável que esteja para participar no processo de cura. Por estar vivenciando uma experiência agradável eventualmente, a pessoa não se lembra do que foi falado, porque ficou distraída com pensamentos, imagens ou sons.

Mito de Confessar Segredos Sem Querer - Mesmo em transe profundo a mente conserva um sentido de vigilância que protege a integridade da pessoa. Na hipnose Clinica (Ericksoniana) raramente a pessoa é convidada a falar. O inconsciente é capaz de resolver silenciosamente os conflitos mais profundos.

Mito de Não Voltar do Transe - Se, eventualmente, por estar numa experiência muito agradável ou num transe mais profundo, a pessoa não aceitar a sugestão de voltar do transe, basta deixá-la mais algum tempo, e naturalmente, o transe hipnótico se transforma em sono fisiológico e ela acorda.

Mito de Ser Dominada Pelo Hipnoterapeuta - Na hipnose Ericksoniana o estado de transe é sempre uma auto-hipnose. O hipnoterapeuta é um facilitador, um companheiro de viagem, apenas alguém que está ao lado enquanto o inconsciente da pessoa trabalha.

Mito da Dependência - Um hipnoterapeuta cuidadoso tem sempre o cuidado de dar sugestões pós-hipnóticas de autonomia e liberdade. No dia a dia sua mente inconsciente pode continuar por si mesma com um processo natural e saudável de mudanças. Por isto a Hipnoterapia Ericksoniana é considerada uma terapia breve.

Mito de Que a Hipnose Possa Ser Prejudicial à Pessoa -  O inconsciente é sábio e protetor, e absorve apenas aquilo que é saudável e útil. Naturalmente, como a hipnose é uma poderosa estratégia de comunicação com o inconsciente, que só deve ser usado por profissionais devidamente treinados, competentes e éticos (somente os psicólogos, médicos e dentistas estão legalmente autorizados. Mas, desde que sejam habilitados pra isso...uma pá é um excelente instrumento para remover terra, mas se for usado para atingir a cabeça de alguém pode matar.

Mito da Regressão - Hipnose não é regressão. A regressão é apenas um fenômeno hipnótico que pode ser usado quando necessário. Como disse antes, a hipnose é um fenômeno psíquico, um estado especial da mente que permite ações terapêuticas das mais diversas.

                                                                                     Por, Eni Peniche - Psicoterapeuta e Coach

Nenhum comentário: